Kung-Fu e a Termodinâmica

Texto: Carolina Marcondes
Imagens: Ana Paula Lima da Silva


Em um dia comum, estava eu conversando com o meu namorado…

Carol: Amor, como você pode não gostar de Química? Ela está em tudo!

Vitor: Em tudo?! Ah, tá bom… Me dá um exemplo prático do nosso dia a dia.

Carol: Ok! Fala o que você quiser do nosso dia a dia, que falo como está envolvido com Química.

Vitor: Um dia comum no treino. Hoje, por exemplo, como se aplica a Química nisso? E sem essas suas brisas de “nível atômico”, porque aí não vale!

Carol: Beleza, vou só falar de Físico-Química então, mais especificamente das Leis da Termodinâmica.

Carol: Vamos começar um pouco antes da gente chegar na Academia… Tivemos de comer, para obter energia e conseguir treinar, certo?

Vitor: Certo!

Carol: Então, isso é a 1ª Lei da Termodinâmica!

Um sistema termodinâmico aumenta a temperatura pela absorção de calor e o trabalho por ele realizado.

Carol: No nosso caso, a execução do trabalho foi a comida e o treino.

Carol: Aí chegamos na Academia e estava tudo organizado. A gente começou a treinar com armas e foi ficando tudo jogado no chão, uma bagunça!

Carol: Essa bagunça é a Entropia, que tem a ver com a 2ª Lei da Termodinâmica!

Entropia é a medida de grau de desordem em um sistema termodinâmico bem definido e reversível.

Carol: Quando treinamos a resistência, temos de ficar em silêncio absoluto para manter a concentração.

Carol: Isto é a 3ª Lei da Termodinâmica!

Quando um sistema se aproxima da temperatura do zero absoluto, cessam-se todos os processos e a entropia assume um valor mínimo.

Carol: E por último, quando estamos no ponto de ônibus para irmos embora e ficamos abraçados. Há uma troca de calor, até que fiquemos com a mesma temperatura. Isso é a Lei Zero de conservação de energia!

Vitor: É realmente a Química está em tudo. Você é muito inteligente, amor! Eu não teria conseguido pensar nisso, aliás, até duvidei que você fosse conseguir!

Vitor: Mas eu continuo não gostando de Química.

Carol: Droga! Mas ainda vou conseguir te convencer de que a Química é Top! Tenho fé!


Carolina Marcondes tem 22 anos, ingressou na AAMSKF em 2012, está na faixa marrom e cursa o 2° ano de Bacharelado em Química na Faculdade Oswaldo Cruz.

Ana Paula Lima da Silva tem 26 anos, está na faixa azul e é formada em Artes Visuais pela Universidade FMU.

1 Comentário

Diga-nos a sua opinião.

  1. Flávio Giacomo

    Já te disse que você escreve bem, Carol?
    Adorei o texto e as imagens!!! Parabéns!!!

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*